segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

das ELEIÇÕES

Como é hábito,perdi.
Os resultados corresponderam,com ligeiras diferenças,às minhas expectativas.Tinha uma esperança muito ténue numa 2ª volta e,caso houvesse,também tinha grandes dúvidas que resultasse em vitória de esquerda.
Quem anda na rua e utiliza transportes públicos,já sabia que uma grande parte do eleitorado socialista não iria votar Manuel Alegre.
A estes,iria juntar-se uma parte(embora pouco numerosa) de eleitores do Bloco.
Desconhecia a percentagem de votos que Fernando Nobre iria recolher desses descontentes socialistas.Na verdade,recolheu mais do que eu pensava.
De resto,eram esperados os resultados:Coelho,sabia-se,iria recolher muitos votos de protesto.
No final Cavaco mostrou os dentes:os de um capo vingador,assumindo que será Presidente da famiglia,afastando as "baixezas e vilezas" com que lhe queriam questionar DEMOCRATICAMENTE o carácter.
Como dizia o amigo mc,a vingança serve-se a frio com um gelado de Boliqueime.
Eu acrescento que,na vingança,também houve um forte contributo do gelado do Vau.
Desta vez,ao contrário das outras,não sinto que o eleito seja meu Presidente.Eu não pertenço a essa família.
Para rir foram as questões levantadas,e já esperadas,pela utilização do Cartão de Cidadão.Simplex!

3 comentários:

Dom Rafael "O Castelão" disse...

Democracia é isto!
E a chamada esquerda diz ser uma grande defensora da DEMOCRACIA!
Desta vez perdeste!
Eu ganhei!
Para a próxima poderá ser ao contrário!
Tudo o mais, prefiro o bacalhau do Batista na 5ª Feira!
Um abraço

aminhapele disse...

Companheiro,estamos unidos.
Viva o Batista,os bacalhaus e as gôndolas.
Não tens pena de não ser de esquerda?
Um abraço amigo.

Dom Rafael "O Castelão" disse...

Homens ao Centro!
Vai de roda e continua!
Lampreia e bacalhau sempre!