quarta-feira, 30 de maio de 2007

O PAPAGAIO DA GREVE


Vi-o há pouco na SIC NOTÍCIAS.

O "outro" Sócrates.

Lá veio o senhor com o discurso dos números,das percentagens e da "transparência".

O senhor ou se faz desentendido,ou faz de nós tolos.

Ficou claro e transparente,desde a primeira hora,que a greve tinha objectivos políticos.Que é que isso pode ter de mal?!

A greve é mais um forte sinal de que o pessoal está farto de ser "desgovernado".

Isso tem que ter uma leitura política e não numérica.

Se interessam números,então toca a apresentá-los:

Quantos trabalhadores efectivos,do quadro da Administração Pública,existem?

Quantos trabalhadores com contratos a termo existem?

Quantos "nomeados" existem?

Quando do processamento de vencimentos,quantos efectivos tiveram o salário descontado por terem feito greve?

Quanto custa o "trabalho" dos "nomeados"?

Como tudo isso é sigiloso,sou levado a pensar que há mais "nomeados" do que trabalhadores...

O pessoal está farto daquela rotação do "centrão",em que a cada eleição corresponde a entrada de milhares de "nomeados" ou a saída com indemnizações escandalosas.

Estamos fartos de insultos e de pedidos de aperto de cinto só para nós.

Não confiamos em quem nos governa,nem em quem nos irá governar a seguir.

A dificuldade,para nós,está em ter uma alternativa dentro deste "sistema".

Mas como têm a mania da ética,os que nos governo devem saber ler e interpretar os sinais:os senhores não são só arguidos,já são acusados por todos nós que vos sustentam.

Se a falta de dinheiro,comecem pela auto-limpeza.

O exemplo vem de vós...

Não podem é chamar trapalhões aos outros.

Desculpem lá mas...

Estou a ouvir o programa "Sociedade Civil", na RTP2. O tema é Infertilidade e a falta de apoio do nosso Governo, a vários níveis... O drama dos casais inférteis!...

Desculpem lá, se não têm 2500 a 4000 Euros disponíveis para o tratamento, o que é vos leva a crer que vão ter condições para criar o vosso rebento? Vão ficar à espera do Abono de Família??

Não quero ser fura-greves! Por acaso, hoje estou de férias. Caso contrário, estaria no trabalho, a solidarizar-me em espírito!!...

amp que me desculpe!! Embarrassed 9 To 5

GREVE


Os boys e as girls andaram todo o dia num virote.

Ele era papeis e mais papeis;ele era telefones;ele era mailes;ele era pedidos de dados pessoais;ele era o assegurar que os serviços vão funcionar;ele era a invenção de novos papeis para a avaliação;ele era o pedido de contratos,para verificar até quando estão em vigor;etc.etc.

Até "dava gosto" ver o ritmo de "trabalho" de quem pouco fez,até hoje.

Até um pobre de um utente foi intimidado,porque foi confundido com um contratado a prazo!

São mais papistas que o papa!

Para seu desgosto,vão ter o serviço encerrado!

segunda-feira, 28 de maio de 2007

JORNALISTAS LACOSTES


Não há quem proteja o pobre do consumidor!

Agora somos diàriamente "invadidos" por um bando de jornalistas contrafeitos e não há ASAE que nos defenda.

Mas os "contrafeitos" têm direitos adquiridos e nada de respeitar os nossos direitos conquistados!

Ao menos dêem notícias,escrevam em português e "opinem" menos.

Será que já não havia pólos nas feiras?!

Só há "jornalismo" procurando a "vítima"?!

A Universidade que deu o Curso ainda existe?!

domingo, 27 de maio de 2007

CAMPANHA ELEITORAL


Vou-vos contar uma pequena história,de como "assisti",com amigos,a uma campanha eleitoral.

Em grupo conversávamos que aquilo da campanha era tudo treta,que eles prometiam e não cumpriam,que assistir a debates era uma perca de tempo,etc.

Então era transmitido um debate eleitoral,em dia em que também havia um programa que todos queríamos ver.

Entre nós havia votantes de vários partidos e o voto não seria influenciado pelo tal debate.

Um dos amigos,cinéfilo à séria e amante do "mudo",propôs que tirássemos o som à televisão,seguíssemos o debate pelas imagens e comentássemos no fim.

Nem queiram saber como nos divertimos.

Poucas vezes,a partir daí,assisti a um debate com som.

Aproveitem essa de Lisboa e experimentem o "mudo"!

quinta-feira, 24 de maio de 2007

"PUTAS"


Amigo,alegra-te!

As "putas" vão pagar impostos!

Desta vez,vamo-nos ver livres daquela cambada dos salamaleques.

Em teu nome,porque não fazer a campanha:

A MICAS DO 23 AO GOVERNO!

terça-feira, 22 de maio de 2007

BANDITAGEM


Atenção aos incautos!

O "assalto" continua e pretende tomar conta do nosso computador,dos nossos arquivos,das nossas listas de contactos,etc.

Apresenta-se com nomes credíveis,por exemplo google,finetuning,etc.

Toda a autodefesa é pouca.

Acautelem-se!

domingo, 20 de maio de 2007

GREVE


O Governo anunciou que todos os serviços pertencentes à Administração Pública têm disponível uma base de dados electrónica,através da qual fazem uma contabilização imediata dos trabalhadores que aderiram à greve.

Promete mesmo tornar públicos os mapas por serviços,os mapas por Ministério e os mapas globais.

As Confederações Sindicais protestam,contra esta medida intimidatória.

Há poucos dias,Alberto João Jardim dizia que eles "podim ser uns tipos porreirinhos,mas não eram nenhuns anjolas"...

O que é que tem a ver uma coisa com a outra?!

Eu,que não estou nem um bocadinho sintonizado com o Alberto João,também digo que sou o que sou,mas não sou anjolas...

E,ao arrepio do normal,até estou de acordo com esta medida do Governo.

Não vejo que qualquer funcionário público,do quadro,possa sentir alguma intimidação com tal medida.

Aliás,nem vejo que a verdadeira "contabilização" possa ser feita no dia da greve.

Ela só é real no dia em que se processam os vencimentos referentes ao período em que ocorreu a greve.

Só é grevista quem fez a sua declaração de greve e,como tal,deixa de receber o respectivo dia de trabalho.

Também para os Sindicatos é útil ter essa indicação real e não a do palpite dos telefonemas.

Também é bom que os dirigentes dispensados de serviço,dêem o exemplo e não se esqueçam de fazer a sua declaração de adesão e "sofram" o desconto desse dia de salário.

O que os serviços não têm legitimidade para fazer e fazem há vários anos é "pressionar" dias antes os trabalhadores,exigindo-lhes que digam se vão trabalhar ou se fazem greve.

Mas intimidação com a medida não existe:não há trabalhadores em Portugal que tenham o seu emprego mais garantido,que os do quadro da Administração Pública.

Apesar deste paleio,polìticamente incorrecto,até desejo que a greve tenha êxito.

quinta-feira, 17 de maio de 2007

FOTOGRAFIA 3


Resultado final da "fotografia"...

FOTOGRAFIA 2


Uma "fotografia"...

FOTOGRAFIA

Não sou,nem nunca fui fotógrafo(mesmo daqueles do telemóvel...)
Mas tenho a sorte de ter alguns amigos que o são.
Há várias semanas,que quanso se juntam,a conversa resvala sempre para o mesmo:o que é e o que não é fotografia.
A mim,completamente ignorante na questão,parece-me que andam a discutir o sexo dos anjos...
E disse-lhes,sem vergonha,qual era a minha opinião.
Eles fazem fotografia,e quando a retocam e compõem de modo mais apresentável,estão sempre a trabalhar com a SUA fotografia.
Eu,que nunca tirei uma fotografia na vida,vou utilizar uma das deles e "trabalhar" sobre ela,até posso apresentar uma IMAGEM bonita,mas se lhe camar fotografia sou um vigarista.
Mas os "debates" entre eles continuam,para meu deleite...

terça-feira, 15 de maio de 2007

LARVAS


Vital Moreira afirma,no Pubico de hoje,que "Nenhuma diminuição do número de deputados consegue satisfazer o antiparlamentarismo larvar que vigora entre nós".

Li com atenção o seu escrito.

Gostei dessa do "larvar"...

Acontece que a meu ver,o que está em desenvolvimento não é um antiparlamentarismo,mas sim um antipartidarismo.

Porque os representantes dos partidos,na generalidade,defraudaram as nossas expectativas e,em grande número,utilizam em proveito próprio as regras democráticas.

Por questões de proximidade ideológica,somos tentados a votar em determinado partido.

Quando nos aparecem os nomes dos candidatos,quer ao nível de concelho quer ao nível de distrito,nós porque os conhecemos ficamos em estado de objectores.Sabemos que daquelas pessoas,não pode vir qualquer coisa boa e nada terá a ver com a questão ideológica.

Talvez que havendo um único círculo,em que os eleitores pudessem rejeitar candidatos,as coisas corressem melhor.

Depois,também não poderia haver suspensão de funções:quem se candidata a um cargo é para o desempenhar,não é para renunciar porque não lhe agradou e partir para outra...

As candidaturas têm que ser sérias.Os eleitores têm que acreditar que aquelas pessoas são candidatas àquele lugar e não a outro.

Têm que o desempenhar até ao fim,indepentemente de entretanto lhes surgirem possibilidades mais aliciantes.

Acredito que o Governo,a Assembleia da República,as Câmaras e as Freguesias podem funcionar com muito menos eleitos.

Não sou antiqualquercoisa larvar...

ASSALTO 2


Acredito ter posto travão ao assalto.

Mas vou estar com maior atenção.

Isto não é bem a revolta dos jovens,em Copenhega.

segunda-feira, 14 de maio de 2007

ASSALTO

A "postagem" que aqui esteve,durante alguns minutos,não foi publicada por mim,nem por qualquer elemento da equipa do PEDECABRA.
O assalto anda a adivinhar-se há já algum tempo.
Vamos tentar estar atentos.
Desculpem qualquer incómodo.

DEFENDER OS MINISTROS


Os ministros têm que ser,literalmente,inatacáveis.

Devem poder ir a um restaurante e saír pacatamente,sem insultos nem empurrões.

Na Argentina,isso não é possível.

Oxalá que não "exportem" essa moda!

sábado, 12 de maio de 2007

AS MELGAS


Com o aquecimento próprio da época,voltaram as melgas.

As deste ano são de tipo novo.

Dão para bloquear endereços,invadem o ambiente de trabalho,fazem desaparecer barra de ferramentas,furam todas as protecções e invadem-nos de lixo.

Por vezes,só a recuperação de ficheiros dura longuíssimos minutos!

Gritem comigo:

VAI-TE EMBORA,MELGA!

quinta-feira, 10 de maio de 2007

COIMBRA-QUEIMA DAS FITAS


Dou-vos a conhecer a "CRÓNICADEHOJE",do DIÁRIO AS BEIRAS,assinada por Eduarda Macário.

Não é um grito alarmista,mas exige a nossa reflexão!

quarta-feira, 9 de maio de 2007

PENHORAS A 60 DIAS


Não tenho nada contra,desde que o Estado seja uma pessoa de bem.

Será que o Estado cumpre as suas obrigações a 60 dias?!

Ou deixa para 60 anos?!

Ou até nem paga...

O Estado está a limitar-se a "sacar" dinheiro,a qualquer pretexto!

São as multas de trânsito!

São as multas do tabaco!

São as taxas de protecção civil!

São as taxas da saúde!

É um número infindável de taxas e impostos,que o cidadão se vê obrigado a pagar,sem qualquer retorno por parte de quem nos (des)governa.

Até temos que pagar aquela "fedorenta" campanha sobre os que trabalham,sem habilitações superiores!!!

Ontem,no cortejo da Queima das Fitas,dizia-se:

"SOCRAS!QUERO UM CANUDO COMÓ TEU!"

Para haver penhoras,é preciso haver HONRA!

Sabem o que isso é?

segunda-feira, 7 de maio de 2007

domingo, 6 de maio de 2007

Dia da Mãe


"Como tudo começou... Uma jovem americana, Annie Jerwis, perdeu sua mãe e entrou em completa depressão. Preocupadas com aquele sofrimento, algumas amigas tiveram a ideia de perpectuar a memória da mãe de Annie com uma festa. Annie quis que a homenagem fosse estendida a todas as mães, vivas e mortas.


Em pouco tempo, a comemoração alastrou se por todo o país e, em 1914, sua data foi oficializada pelo presidente Woodrow Wilson: dia 9 de maio. Em Portugal, até há alguns anos atrás, o dia da mãe era comemorado a 8 de Dezembro, mas atualmente o Dia da Mãe é no 2º Domingo de Maio, em homenagem a Maria, Mãe de Cristo."

quinta-feira, 3 de maio de 2007

PAUSA


Caros amigos:

Vou fazer uma "pausa" nas minhas postagens.

Está na altura de reganhar aminhapele.

Vou limitar-me a pôr os vossos comentários e,eventualmente se estiver com disposição para isso,comentá-los.

Durante uns dias o PEDECABRA vai ficar por conta da ZOIKA,da MARIA e do NUNO.

Tenho a certeza que não fica mal entregue.

Continuarei,obviamente,com o mail disponível.

Qualquer dia a gente vê-se.

Fiquem bem.

Envío de artículo en ELPAIS.com. Jueves, 3 de mayo de 2007

ELPAIS.com title=    
artículo enviado
Hola aminhapele (pesporra.pedecabra@blogger.com)
  rui.ferrao.lucas@gmail.com (rui) le recomienda que lea el siguiente artículo de ELPAIS.com
Comentarios:

Elecciones presidenciales en Francia

El modelo económico y social centran el duelo televisivo de Sarkozy y Royal a cuatro días de la segunda vuelta
Los candidatos han hablado también de la entrada de Turquía en la UE, sobre la que tienen opiniones opuestas

LEER LA NOTICIA COMPLETA

© El País S.L. | Prisacom S.A.