terça-feira, 27 de julho de 2010

Cacto




Não conhecia esta coisa tão linda.
Vive no meu Bairro.
Um abraço.
Dias.

BATE-PAPO COM O TONITO

Um abraço,companheiro.

A SOMBRA

Fotografia de Peter Klaunzer/EFE

A CASA DE SONHO

Nos últimos anos,sempre que se falava sobre uma "casa de sonho" vinha-me à memória sempre a mesma.
Uma casa belíssima,com um projecto arquitectónico simples e belo,paisagisticamente bem enquadrado numa praia de sonho.
Durante alguns dias tive a felicidade de a conhecer e usufruir,juntamente com os proprietários.
Foram-me atribuidos os aposentos da arquitecta projectista que,nesses dias,estava ausente.
Se por fora a casa era bela,por dentro era belíssima.Uma decoração de gosto,em que cada peça tinha uma história de família.
A casa tinha coração e vida.
Lembro também aquele pequeno portão,ao fundo do jardim,que nos dava acesso directo à praia.
E a música do mar,sempre presente em toda a casa:no salão,nos quartos com janelas para o mar.
Uma música do mar,relaxante e gostosa.
Há poucos dias,tive conhecimento de que a casa tem novos proprietários.
Com outros gostos e outras preocupações.
Para já,os quartos com janela para o mar "desapareceram".
O jardim está a transformar-se.
Será que vai ali aparecer um heli-porto?!

segunda-feira, 26 de julho de 2010

40 GRAUS

Está um calor sufocante.
Mais próprio para fazer pão...
Água do corpo para fora e muito mais água de fora para dentro do corpo.
Até a sombrinha é quente.
Mais sorte tem a "Barca Serrana",fotografada há poucos dias pela Drica,que mesmo ao sol está sempre fresca,em água corrente do Mondego.

CARTOON

domingo, 25 de julho de 2010

ESCAMBO

Escambo,segundo o Dicionário,é uma palavra que tem origem no Latim(escambiare) e significa permuta ou troca.
Para o caso que agora nos interessa,ESCAMBO é o nome de um conjunto de música popular brasileira,com origem no Rio de Janeiro.
O grupo é constituido por Samantha Rennó,Lucas Dain,Thiago Thiago de Mello e Renato Frazão.
Após o habitual percurso de bares e centros culturais,o Escambo apresentou em Agosto do ano passado o seu CD,com o nome de "Flúor".
É este CD que está indicado para o Prémio MPB 2010,a ser atribuido no próximo mês.
O grupo está em digressão por Espanha,com concertos em Salamanca e Barcelona.
A semana passada,em passeio turístico por Coimbra,Renato Frazão e sua mulher,Drica Voivodic,foram surpreendidos na Capela com uma super-actuação de Rui Pato.
Dentro de alguns meses espero ver a actuação do Escambo em Coimbra.
Até lá,o mais próximo são os concertos em Madrid a 29 e 31 de Julho.

ALÔ MADRID!

sábado, 24 de julho de 2010

BP

DO TERCEIRO MUNDO...

Uma imagem quase medieval.
Há países,subdesenvolvidos obviamente,em que o Governador do banco central vai preso por corrupção!!!
Muito pior que a pedofilia,a morte por lapidação,o roubo por esticão,o roubo nos impostos,o salve-se-quem-puder.
Deter o Governador do Banco Central é um acto de barbárie!
Há que civilizar aquele povo!

quarta-feira, 21 de julho de 2010

BALADA DA DESPEDIDA

Coimbra tem mais encanto na hora da despedida

CONCERTO PRIVADO

Quem não gostaria de,em casa,ter um concerto privado com Renato Frazão?
Pois.Foi uma noite,em casa,que terminou e já era de manhã...
O dia,com todos os avanços científicos e tecnológicos,ainda só tem 24 horas!

quinta-feira, 15 de julho de 2010

ESTADO DA NAÇÃO

Há mau cheiro na Ibéria...

GRANDE,FORTE E BONITA

Há um ditado português que diz que a mulher deve ser pequenina como a sardinha.
Está incompleto.
Vejam esta menina,com 145 kgs de peso e 2,23 m de altura.
Acham que não é bonita?
Ou que tem excesso de peso?
Vão à Holanda e verifiquem!

quarta-feira, 14 de julho de 2010

TORDESILHAS TREATY SIGNED IN 1494

Thanks Spain for getting the World Cup for Portugal.
It turns out that according to the Tordesilhas Treaty signed in 1494,everithing conquered by Spain east of 46 degree meridian,is indeed property of Portugal.
So,can you please "fedex" the Cup now to Portugal?

UMA BOA TROCA

terça-feira, 13 de julho de 2010

SIGAMOS O POLVO

Os humanos sempre foram dados a adivinhações,querendo fazer disso ciência.Desde tempos remotos que pedras,ossos,búzios ou entranhas de animais têm sido erigidos em espelhos do destino,com proveito para o "adivinhador".E há quem use números,por vezes para mostrar ligações impensáveis.A tragédia do 11 de Setembro foi inspiração para tratados destes,mostrando onzes por todos os lados.New York City:11 letras.O dia 11/9 (1+1+9=11),o 254º dia do ano(2+5+4=11).George W. Bush:11 letras.O primeiro avião a atingir as torres tinha 92 passageiros:9+2=11.O segundo tinha 65:6+5=11.Nostradamus(11 letras,claro) previra a destruição de Nova Iorque e até as Torres tinham o formato de um gigantesco 11.Há mais,mas é melhor ficar por aqui.
No início do Mundial de Futebol de 2010 houve quem arriscasse exercício idêntico com os jogos,pondo a circular na internet umas contas infalíveis.O Brasil tinha ganho em 1994 e,antes disso,em 1970.Soma...3964.A Alemanha,por sua vez,ganhou em 1990 e,antes,em 1974.Soma...3964.O Brasil,outra vez,ganhou em 2002 e também em 1962.O que dá,claro,3964.Isto queria dizer que em 2010 ganharia a Alemanha,que ganhou em 1954.Mas quando passaram à final duas equipas que nunca tinham ganho Mundial algum viu-se no que deram estas contas.Claro que o iluminado numerologista evitou fazer semelhantes contas,com a Itália,que foi campeã do mundo em 2006,1982,1938 e 1934.Porquê?Porque não somava 3964.
Mas se a numerologia ficou aquém da eficácia prometida já o mesmo não sucedeu com um polvo chamado Paul,nascido na Grã-Bretanha e a estagiar no aquário alemão de Oberhausen.De jogo em jogo,à custa de deglutir mexilhões,lá foi "adivinhando" os resultados.E tal foi o êxito do tentacular oráculo que a agência EFE foi dando conta de outras experiências em zoológicos rivais:um crocodilo,um periquito,até um polvo fêmea.Mas,antes que ficássemos definitivamente entregues aos bichos,todos falharam.Só Paul acertava,saltando para uma de duas caixas plásticas onde lhe punham comida,cada uma com a bandeira das equipas adversárias.Selecto,escolhia.E aque escolhia,ganhava.Sem cuidar que o despachassem como imigrante ilegal,cru ou cozido,"votou" contra a Alemanha nos jogos desta com sérvios e espanhóis.E a Alemanha perdeu.
Ora por cá,já distantes do melancólico "sigam o cherne" que enviou o dito para as águas azuis e profundas de Bruxelas,também já seguimos um outro polvo.Escuro,rico,viscoso,o seu nome começa também por P e se não adivinha nada pelo menos compra tudo.
Chama-se petróleo e vai mudar uma sigla.Sabem o que quer dizer CPLP?Comunidade dos Países de Língua Portuguesa.Era,mas vai mudar com a entrada de Obiang,ditador africano que de língua portuguesa nada sabe nem aprenderá,mas fala uma língua multinacional com tentáculos.Sem dicionários nem necessidade de traduções.De hoje em diante,graças a tal polvo teremos,com glória e enternecedor júbilo,a Comunidade dos Países de Língua Petrolífera.
Notável texto e título do jornalista Nuno Pacheco,publicado no Público(P2) de ontem

O CACIMBO E O FUTURO

Há 45 anos,mais coisa menos coisa,desembarquei em Luanda como voluntário de guerra...
É estranho,mas acontecia muito nesse tempo.
Com os amigos e conhecidos,acabei por me fixar na Versailles.
Lá estive durante a semana em que cheguei,antes de dar a volta a Angola a pé,e cada vez que tinha oportunidade de ir a Luanda lá estava na Versailles.
De vez em quando,atravessava a rua e assentava arraiais na esplanada da Portugália.
Vem isto a propósito de quê,perguntarão vocês?!
Hoje,aqui na terrinha,no café que frequento assisti a uma manifestação de desagrado de alguns clientes estudantes.
Eles habituaram-se a pedir uma bica e um copo com gelo.
Disseram-lhes que,a partir de hoje,o copo com gelo custaria 10 cêntimos(até aqui era gratuito).
O que faziam os estudantes com o gelo?
Limitavam-se a pô-lo na chávena do café!!!
Na tal Versailles de que falei havia uma coisa surpreendente:quando pedíamos uma cerveja ela vinha acompanhada com um prato de camarão e uma tijela de dobrada com feijão branco.Os acompanhamentos eram gratuitos.Se pedíssemos tremoços aí que era coisa fina!Os tremoços eram pagos e muito mais caros que a cerveja.
Na Versailles tornei-me amigo de um alferes que estava em Luanda há meses,de baixa no Hospital Militar,porque estava cacimbado!
Quer dizer que tinha apanhado muito cacimbo na cabeça e estava maluquinho...
Todos os dias esse meu amigo pedia uma bica bem quente e um balde com gelo.
O senhor Almeida,velho empregado,trazia as coisas mas torcia o nariz.
O meu amigo cacimbado ia pondo pedras de gelo na chávena de café!
Um dia qualquer coisa deve ter corrido mal na vida do senhor Almeida e  ao pedido do meu amigo,empertigou-se:
Para que é o gelo,senhor alferes?
- Para arrefecer o café!
O senhor Almeida lá satisfez o pedido,mas avisou:
Foi a última vez que o senhor alferes gozou comigo!Eu tenho idade para ser seu pai e não estou para aturar cacimbados...
O meu amigo não ligou patavina ao que o senhor Almeida disse.
Foi tomando o seu café ao ritmo das pedras de gelo.
No dia seguinte lá estávamos.
O meu amigo cacimbado fez o seu pedido habitual:
Uma bica bem quente e um balde com gelo!
O velho senhor Almeida,com ar feroz,perguntou:
Para que é o gelo?
- Para arrefecer o café!
O senhor Almeida passou-se e deu com a bandeja na cabeça do cacimbado!!!
A partir daqui as coisas precipitaram-se e,a correr,veio o patrão que queria pôr na rua o senhor Almeida.
Claro que o cacimbado,e os outros cacimbados,não o permitiram e o senhor Almeida até foi aumentado!
É o que dá pedir uma bica e um copo com gelo!
Aí estão os cacimbados do futuro!  

domingo, 11 de julho de 2010

COIMBRA : BRASÃO DA CIDADE

fonte: http://www1.ci.uc.pt/coimbra/BRASCOIM.html

O brasão da cidade de Coimbra é formado por uma taça de ouro colocada em campo vermelho.Em meio corpo dentro de uma taça surge uma donzela de mãos postas,que enverga um manto de prata e uma coroa ducal.Á sua direita tem um leão de ouro e á esquerda um dragão verde,ambos batalhantes.
Já muito se escreveu sobre este brasão,mas a lenda relatada por Frei Bernardo de Brito é,sem dúvida,a mais bela e a de maior aceitação.
Atace,rei dos Alanos,depois de destruir completamente a cidade de Conímbriga,decidiu fundar ou restaurar uma outra,com o mesmo nome,na margem direita do Mondego.
Quando Atace andava a dirigir a edificação dessa nova Coimbra,eis que subitamente surge o rei suevo Hermenerico com o seu exército,para dela se apoderar e se vingar das derrotas sofridas.O combate que se travou entre as duas facções foi de tal modo sangrento que as águas do Mondego se tingiram de vermelho.
Hermenerico retirou-se para Norte,mas Ataces foi em sua perseguição e o rei suevo viu-se forçado a pedir a paz.Para tanto,ofereceu ao vencedor a mão da princesa Cindazunda,sua filha.Como é da regra em tais casos,diz a lenda que Cindazunda era extremamente bela e que Ataces logo dela se enamorou.
Veio o régio par de noivos a caminho de Coimbra,acompanhado de sogro e pai,e em breve se realizam os esponsais e bodas,com a magnificência devida.
Para comemorar tão extraordinário acontecimento,Ataces concedeu à cidade de Coimbra o brasão que ainda hoje se mantem no fundamental.
A donzela coroada é Cindazunda;a taça representa o seu casamento com Ataces;o leão é o timbre dos Ataces;o dragão,o timbre de Hermenerico.