quinta-feira, 20 de dezembro de 2007

PAULO BENTO E A JUSTIÇA DEMOCRÁTICA


É um exemplo de hoje,das leis que temos e da justiça que temos.

Não sou adepto do Sporting,nem de qualquer clube que seja referenciado como a "panela" dos grandes.

Continuo a ser,só,da Académica.

Este castigo do Paulo Bento deu-me o mote para o desabafo.

No final de um jogo,ele disse o que lhe ia na alma sobre a arbitragem desse jogo.

Baseou-se no que ele viu e a tv transmitiu.

Estamos a falar de um profissional que,quer como atleta quer como treinador,nunca mandou algum "palpite" ofensivo para alguém!

Mas há o raio das leis e de quem as faz!

E há o raio dos fala-baratos que provam que é falso tudo o que vimos,ouvimos e lemos...

Quem castigou o Paulo Bento por supostas ofensas à dignidade de uns senhores que julgam,esqueceu-se de mencionar que:

Eu e milhões de cidadãos somos,todos os dias,ofendidos na nossa dignidade e na nossa idoniedade,por sentenças proferidas por quem pretende que não vejamos o que vemos,que não oiçamos o que ouvimos,que não leiamos o que lemos e,acima de tudo,que não nos possamos contra os parasitas que decidem sobre a nossa vida.

Temos escutas telefónicas,publicadas em jornais,que provam o "esquema" mas,formalmente,não valem de nada...

Quando vemos um jogo de futebol,no estádio ou na televisão,será que estamos a ver alguma coisa?!

Quando os "clubes" não existem,porque nem sócios têm,será que somos obrigados a "ver" clubes?!

Quando os árbitros,que fazem uns biscates de 800 contos por mês,se enganam nós somos obrigados a dizer que não houve qualquer erro?!

Quando há virgens ofendidas,segundo reza a história,é porque elas tiveram culpas no "cartório"...

2 comentários:

aminhapele disse...

Até o governo tem um blogue que se chama A NOSSA OPINIÃO.
Quando será que um qualquer "árbitro" o suspende,por ofensas à inteligência de quem o lê?!

moitacarrasco disse...

Nunca o foi, mas aminhapele está cada vez mais longe de ser gago.

Toda a razão. Força neles.