terça-feira, 15 de maio de 2007

LARVAS


Vital Moreira afirma,no Pubico de hoje,que "Nenhuma diminuição do número de deputados consegue satisfazer o antiparlamentarismo larvar que vigora entre nós".

Li com atenção o seu escrito.

Gostei dessa do "larvar"...

Acontece que a meu ver,o que está em desenvolvimento não é um antiparlamentarismo,mas sim um antipartidarismo.

Porque os representantes dos partidos,na generalidade,defraudaram as nossas expectativas e,em grande número,utilizam em proveito próprio as regras democráticas.

Por questões de proximidade ideológica,somos tentados a votar em determinado partido.

Quando nos aparecem os nomes dos candidatos,quer ao nível de concelho quer ao nível de distrito,nós porque os conhecemos ficamos em estado de objectores.Sabemos que daquelas pessoas,não pode vir qualquer coisa boa e nada terá a ver com a questão ideológica.

Talvez que havendo um único círculo,em que os eleitores pudessem rejeitar candidatos,as coisas corressem melhor.

Depois,também não poderia haver suspensão de funções:quem se candidata a um cargo é para o desempenhar,não é para renunciar porque não lhe agradou e partir para outra...

As candidaturas têm que ser sérias.Os eleitores têm que acreditar que aquelas pessoas são candidatas àquele lugar e não a outro.

Têm que o desempenhar até ao fim,indepentemente de entretanto lhes surgirem possibilidades mais aliciantes.

Acredito que o Governo,a Assembleia da República,as Câmaras e as Freguesias podem funcionar com muito menos eleitos.

Não sou antiqualquercoisa larvar...

10 comentários:

Sei que existes disse...

Até concordo contigo!...
Beijos

moitacarrasco disse...

Absolutamente de acordo.
E esses tais deputados, e outras criaturas, que juram servir a República mas que apenas dela se servem e a sugam até ao tutano... Esses fulanos que se acautelem, porque a malta está a ficar um bocado cansada de a fazerem de estúpida...
Mesmo em relação ao círculo único - acerca de que me restam ainda umas duvidazitas (só porque estou pouco esclarecido) - mesmo aí acho que sim, que o princípio da proporcionalidade é por esse sistema favorecido, e que ele não é lá muito da simpatia das maiores agências de boys...
mc

aberto javardão jasmim disse...

E eu que me estou bem ralando p'ra êsso!
Sejam 47 ou 247 tanto me faz.
Quem manda na região sou eu...
Não há família na êlha que não me deva todo ou algum do seu pãozenho!!!...
Tá tudo fêche!
ajj

aminhapele disse...

Está bem!
Confesso!
Apeteceu-me dizer-lhe:
Vá chamar vermes ao raiqueoparta!
Acontece,que estou na Europa civilizada e não é de bom tom dizer uma "alarvice" dessas.
Seria bom que os bem pensantes,europeus civilizados,não fizessem de nós uns seres com "burrice larvar".
Estou só a tentar ter maneiras!

Carreira disse...

Criei um blogue de opinião que agora estou a divulgar.
Se tiver interesse, não deixe de fazer uma visita:

http://www.cegueiralusa.blogspot.com/

Caso goste, por favor divulgue, pois pretende ser mais um espaço de discussão em busca de uma cidadania mais activa.
O meu muito obrigado.
Com os melhores cumprimentos,
José Carreira

Anónimo disse...

Não sou especialista em latim, mas não seria mais correcto dizer " antiparlamentarismo larval"?
De qualquer maneira estou de acordo com o pensamento expresso pela AMINHAPELE.
Rocky

jpg - o sineiro disse...

Concordo em absoluto.

Anti-partidarismo é que é um sentimento que está em formação e acelerada!

O sistema de eleições por círculos, à semelhança do que há muitos anos acontece em países com democracias mais antigas e enrairazadas, parece-me mais correcto e eficaz.
O problema é que não interessa nada às cúpulas partidárias, e como elas vão controlando a malta...

Abraço

Tozé Franco disse...

Cada um tem as larvas que merece.
As larvas através da metamorfose transfoprmam-se noutra coisa. Assims e passa com alguns dos ilustres da nossa política que devem ter memória curta do passado. Agora, embora com asas bonitas, lá mostram, de vez em quando, o seu estaso larvar anterior.

aminhapele disse...

Para mal dos meus pecados,não sou especialista em linguística.
Até tive que fugir,para não fazer parte da Comissão TLEBS...
Não sei se 'larvar tem a ver com larvas ou com alarvice...
Em qualquer dos casos,é muito mau.
Ainda bem que o Tózé nos veio lembrar aquelas transformações:larvas,crisálida,borboletas,etc.
Mas eu não sou especialista!
Não gosto que façam de mim um verme!

al cardoso disse...

Tambem nao gosto de larvas nem suas trasformacoes, gostaria isso sim de ver circulos unonimais!

Saudacoes d'Algodres.