terça-feira, 15 de julho de 2008

A MALÁRIA




Após a leitura de um trabalho de Ana Gerschenfeld,no Público de hoje,veio-me à memória uma história curiosa.


Em 1979,10 anos após o meu regresso de Angola,andei a ser tratado de uma gripe,durante duas semanas.A gripe não me largava e a febre era cada vez mais alta...


O médico lembrou-se de me mandar fazer umas análises e recorrendo a ensinamentos do já extinto Instituto de Medicina Tropical,confirmou os seus receios...


O paludismo,ou malária,tinha voltado a atacar!


Com o tratamento e medicação correctos,suponho que o problema foi resolvido definitivamente...


Nunca mais senti qualquer ataque!


Agora,recorrendo ao trabalho de A.G.,vale a pena saber o seguinte:


"A malária é a mais mortal de todas as doenças parasitárias que afligem os seres humanos.Para não a apanharmos quando visitamos um país onde ela é endémica,tomamos quinino e tentamos evitar as picadas de mosquitos com redes e insecticidas.Porque é de facto um mosquito,o "anopheles",que é responsável pela transmissão entre seres humanos do parasita da malária,o "plasmodium falciparum".Este microscópico bichinho entra no organismo do mosquito a bordo dos glóbulos vermelhos quando o insecto se alimenta do sangue de uma pessoa infectada,reproduz-se na sua barriga e,quando o mosquito pica uma pessoa não infectada,passa para o organismo desse novo hóspede.Rapidamente infecta o fígado,onde se multiplica e,passadas umas semanas,é libertado no sangue.Aí,aloja-se novamente nos glóbulos vermelhos do sangue,onde continua a multiplicar-se.E assim sucessivamente."


500 milhões de pessoas são infectadas todos os anos,e mais de um milhão morrem.Os principais afectados são as crianças e as mulheres grávidas.


Surge também o problema dos medicamentos falsificados.


Na África subsariana,os estados gastam cerca de 40% do orçamento da saúde para combater a doença,que até ver não dá tréguas.

1 comentário:

Lilás disse...

Olá, amigo!
Coitado, teve malária então!
Que bom curou-se.
Acho que esta doença aqui no Brasil já foi extinga, graças a Deus!

Veja só o que é o vício - achei um computer aqui no hotel e estou aproveitando para visitar os amigos.
abração carioca