quinta-feira, 15 de maio de 2008

COMUNICAÇÃO E MABECOS


O que é notícia?
O engº Sócrates e o Dr. Pinho fumaram um cigarro no avião...
O Dr. T.Santos diz que os gestores têm que ganhar menos...
O sr.Rui Costa deu a sua primeira Conferência de Imprensa,na qualidade de Director do Benfica...
O sr.Pinto da Costa e o sr Vítor Baía foram recebidos na Assembleia da República pelos deputados portistas...
A sra. Carolina está grávida...
Então e no País?Não se passou nada?
Não houve manifestação dos Professores?!
Não houve descargas "suínas" na Ribeira dos Milagres?!
Não houve o enésimo aumento dos combustíveis?!
O que é que o Primeiro Ministro,e comitiva,foram fazer à Venezuela?!
O que é que o Ministro das Finanças foi fazer a Bruxelas?!
Os mabecos ensinaram tudo ao Primeiro Ministro:em vez de falar,fazer promessas ou seja o que for,passa a fumar uma cigarrada...
A partir disso,é primeira página durante vários dias e objecto de comentários dos grandes especialistas...
Os mabecos atacam em matilha e vão rosnando;os coelhos mansos vão-lhe comer à mão.
Têm uma coisa em comum:basta bater o pé no chão para,uns e outros,fugirem que nem ratinhos.
O tema dos mabecos e coelhos foi retirado do Grande Zoo,do RN.

3 comentários:

Antero de Quental disse...

Ver o segundo comentário de Antero de Quental, na opinião do Dr. António José Seguro, no jornal o Expresso, em:
http://aeiou.expresso.pt/gen.pl?p=stories&op=view&fokey=ex.stories/310373

Anónimo disse...

Que diabo: a cigarrada do Sócrates e do Pinho, a reclamação do Teixeira, a passagem do Rui de trabalhador transpirado a director engravatado, a recepção (apoteótica, só pode ter sido) do Bimbo e do Vítor na AR, a gravidez da discreta e púdica Carolina... Não são notícias basto suficientes?

Se calhar queria que se produzisse matéria sobre questões menores como o desemprego, a fome, as greves, as manifestações, etc...

Vá, não tenha esse mau feitio.

mc

al cardoso disse...

Ja vivi em terra em que havia "mabecos", mas os nossos sao diferentes embora aaquem tambem em matilha!!!

Um abraco dalgodrense.